TÓPICOS

Impacto das pontas de cigarro no meio ambiente

Impacto das pontas de cigarro no meio ambiente


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os filtros de topo são resíduos bastante poluentes, pois são constituídos por acetato de celulose, um material derivado do petróleo que, ao contrário do que pode parecer, não é biodegradável e pode levar até dez anos para se decompor.

São o objeto mais arremessado do mundo, segundo a Truth Initiative, organização anti-cigarro que durante o Video Music Awards lançou uma campanha contra bitucas de cigarro.

Hoje em dia as pontas de cigarro são descartadas em qualquer lugar, desde calçadas a praias ou estações de céu, que além de sujar o ambiente, prejudica o meio ambiente, pois não podemos esquecer que o filtro serve para acumular certas substâncias nocivas do tabaco, como por exemplo nicotina ou alcatrão, que com o tempo será transferido para o solo ou água, contaminando-os e afetando a biota circundante. Na verdade, há estudos que indicam que uma única bituca de cigarro pode contaminar oito litros de água.

Por exemplo, a Universidade de Longwood, nos Estados Unidos, realizou um estudo em que analisou os efeitos das águas com pontas sobre a pulga d'água, o crustáceo base da cadeia alimentar em ecossistemas de água doce, descobrindo que para concentrações de menos de 0,125 pontas pulgas morrem em menos de 48 horas, concluiu-se também que uma bituca de cigarro causa a contaminação de 8 litros de água.

O cigarro é um dos produtos mais consumidos no mundo, a indústria do fumo tem crescido consideravelmente na última década, mesmo sabendo que o cigarro causa danos irreparáveis ​​ao corpo e problemas de saúde muito diversos, mas um dano ainda mais grave é a sua contribuição principalmente à poluição atmosférica, do solo e da água.

As bitucas de cigarro, por exemplo, contêm elementos tóxicos que afetam a fauna, na Austrália calculou-se que 50% dos cigarros consumidos são fumados ao ar livre, e cerca de 59% são jogados no chão, quando sua correta disposição é na lata de lixo ou no cinzeiro, ou seja, cerca de 4 bilhões de pontas de cigarro vão parar no meio ambiente todos os anos.

Thomas Novtny, professor de saúde pública da Universidade Estadual de San Diego, argumenta que pontas de cigarro devem ser descartadas, pois não foi demonstrado que tenham benefícios para a saúde humana. “Eles são apenas uma ferramenta de marketing que torna mais fácil para as pessoas fumarem”, diz ele. Segundo o acadêmico, bitucas de cigarro nada mais são do que um agente altamente poluente.

Butts poluem mais do que canudos

Ao longo de 32 anos, 60 milhões de pontas de cigarro foram coletadas em todas as praias do mundo. A afirmação é da mídia norte-americana NBC, que realizou um estudo que afirma que esses elementos poluem os oceanos mais do que canudos de plástico.

Outros impactos não menos importantes:

  • Como se sabe, bitucas de cigarro também são uma das causas dos incêndios florestais que causam tantos danos à nossa área florestal.
  • As bundas podem ser engolidas acidentalmente por crianças pequenas. E também foram encontrados nos estômagos de diferentes espécies, pássaros, tartarugas e outras espécies marinhas. Recentemente, em Barcelona, ​​uma família denunciou a existência de uma bituca de cigarro em uma lula fresca que haviam adquirido no mercado e que se preparavam para cozinhar para o jantar.
  • O lixo causado por pontas de cigarro em nossas ruas, envolve altos custos de limpeza, além de impacto visual. Você não acha que eles estão em toda parte? Segundo estimativas, pontas de cigarro representam 26% do lixo coletado nas praias.

Inovações

Há muita inovação neste campo, pois foram desenvolvidos filtros biodegradáveis, uma invenção inédita que já é usada e comercializada em muitos lugares e que pode ajudar a amenizar parte do problema. São formados por uma mistura de cânhamo e algodão que os torna 100% biodegradáveis, servindo como fertilizante natural para todos os tipos de plantas.

Outra inovação ocorreu ao designer Ben Norman: iniciar um projeto onde jogar pontas de cigarro no chão era algo que esperávamos de todos, já que agora dentro das pontas haveria sementes, tanto de flores quanto de grama, que junto com a novos filtros biodegradáveis ​​feitos de cânhamo e algodão, ajudariam no crescimento dos pequenos caules.

Greenbutts Seria a empresa que iria reformar os materiais atuais de um cigarro com a missão de trocar os filtros ao redor do mundo para esse projeto novo e positivo.

Por favor, não tenha mais cigarrosse fizer isso, tente deixá-los, ou pelo menos não jogue as bundas por aí, dê a eles uma disposição adequada.

Com informações de:


Vídeo: O impacto da bituca de cigarro (Pode 2022).